Benfica começa "operação clássico" só com três dos titulares

Benfica começa "operação clássico" só com três dos titulares
Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

Dos titulares no último jogo, apenas Luisão, Salvio e Jonas estarão no Seixal até perto do dia do clássico a preparar a receção aos dragões, no dia 1. Do habitual sector recuado, apenas "sobrou" o capitão.

Rui Vitória vai começar a preparar o clássico de dia 1 de abril, frente ao FC Porto, tendo ao dispor um grupo bastante limitado pelas ausências de atletas nas várias seleções. No Seixal, e pelo menos no imediato, o treinador apenas vai contar com 12 elementos do plantel principal disponíveis sendo que, entre eles, apenas três sobrevivem do último onze titular das águias, perante o Paços de Ferreira: Luisão, Salvio e Jonas. Em comparação com os dragões, e olhando para a formação que ontem jogou de início contra o V. Setúbal, Nuno Espírito Santo terá ao dispor até ao clássico mais do dobro dos elementos, que não estão convocados para nenhuma seleção: Casillas, Marcano, Felipe, Alex Telles, Óliver, Brahimi, Corona e Soares. E, a estes nomes, ainda se poderá juntar um nono, o de André André, que não defrontou os sadinos por castigo, mas que tem sido escolhido para os embates mais recentes dos portistas e também não foi chamado pelo selecionador português Fernando Santos.

Para já, sector particularmente debilitado em relação ao do rival será a defesa titular das águias, onde apenas ficou "em casa" o capitão Luisão. Rui Vitória começa por não poder contar com Ederson, chamado à seleção principal do Brasil, onde procurará a sua primeira internacionalização. Para tal, o guardião terá duas oportunidades: ou no embate com o Uruguai (dia 23) ou no confronto com o Paraguai (29), ambos a contar para o apuramento do Mundial de 2018. O central Lindelof é outro indisponível no Seixal por estar ao serviço da Suécia, que defronta Portugal, num particular e a Bielorrússia, no apuramento para o campeonato do mundo. Já os laterais Nélson Semedo e Eliseu estarão na equipa das Quinas, com o médio Pizzi. Ao serviço da Grécia estará um outro médio, Samaris, e o goleador Mitroglou. Entre os atacantes, Carrillo foi chamado para a seleção do Peru, Jiménez para o México, Zivkovic vai aos sub-21 da Sérvia e Jovic aos sub-20 do mesmo país. O lote de internacionais é completado por Pedro Pereira (sub-19 de Portugal) e Kalaica (sub-19 da Croácia). Ao todo, menos treze atletas para preparar em pleno a receção ao FC Porto.

Os jogadores que ficam no Seixal:

- Guarda-redes: Júlio César e Paulo Lopes;

- Defesas: André Almeida, Luisão, Jardel, Lisandro López e Hermes;

- Médios: André Horta;

- Avançados: Salvio, Rafa, Cervi e Jonas.

(Lesionados: Grimaldo, Fejsa e Filipe Augusto)