A.P. Vasconcelos: "Rui Vitória cria bom clima entre jogadores e adeptos"

A.P. Vasconcelos: "Rui Vitória cria bom clima entre jogadores e adeptos"

Já foi crítico acérrimo de Rui Vitória, mas agora consegue encontrar algumas virtudes no treinador que levou o Benfica à conquista do primeiro tetracampeonato da sua história. Realizador de "O Lugar do Morto" ou "Os Gatos não têm Vertigens", António Pedro Vasconcelos elogia, sobretudo, a empatia que o treinador consegue reunir em torno da equipa.

"Nunca fui particular admirador deste treinador, mas agora posso reconhecer que é uma pessoa simpática e que, para além disso, conseguiu criar bom clima entre jogadores e adeptos", afirma o cineasta a O JOGO.

Convidado em seguida a analisar um futebolista de cada setor, Vasconcelos destaca, na defesa, os desempenhos de Nélson Semedo. "É muito novo, mas já é um dos melhores laterais direitos do mundo. Tem uma maturidade incrível", aponta, considerando em seguida, em relação ao centrocampista Pizzi: "Assimilou bem o modelo de jogo de Jorge Jesus, que depois conseguiu transportar para este plantel. E Rui Vitória teve a inteligência de não alterar nada quanto a esse aspeto."

A terminar, o realizador escolheu Jonas como o melhor elemento do setor ofensivo. "Reúne enormes qualidades. É um jogador rápido e oportuno, com grande qualidade ao nível da leitura de jogo. É rápido a pensar e a executar", declarou.