André Almeida fala em dever cumprido e recorda o primeiro dia no Benfica

André Almeida fala em dever cumprido e recorda o primeiro dia no Benfica

André Almeida disse que foi com um sentimento de dever cumprido que renovou com o Benfica até 2021, lembrando o momento especial de ser um dos tetracampeões.

"É um sentimento gratificante e um objetivo cumprido. Mais um voto de confiança e um sentimento de dever cumprido. O trabalho que eu e toda a estrutura temos realizado tem sido positivo", disse, em declarações à BTV.

O atleta de 26 anos, que chegou à Luz em 2011/12, tinha vínculo até 2019, tendo conquistado até ao momento quatro campeonatos nacionais, duas Taças de Portugal, quatro Taças da Liga e três Supertaças.

"Fico contente por ter alcançado esses números. Mais pela parte coletiva, pois os títulos é que marcam as carreiras. Fico contente por ter chegado onde cheguei, mas espero não ficar por aqui, pois estamos a falar de um clube imenso. Vou tentar ajudar, como fiz até agora, com títulos", afirmou.

André Almeida é um dos seis jogadores que participaram em todas as temporadas do inédito tetracampeonato festejado na última época pelas águias.

"Lembro-me do primeiro dia no Caixa Futebol Campus. Foi especial, senti que vinha para uma realidade diferente e teve impacto. Ao nível dos troféus foi especial este 'tetra'. Quando vi a faixa a subir e vi que era um dos seis jogadores tetracampeões, algo que nunca tinha acontecido no clube, senti algo muito especial e fiquei grato por fazer parte desse momento", assumiu.

André Almeida, de 26 anos, garante que não se sente um símbolo do Benfica, porque que "a referência é o símbolo".

"Quem chega ao Benfica encontra uma família. Eu sou mais um para ajudar. É verdade que conheço a casa há mais anos e isso pode ajudar na integração, mas quem chega sente esse à-vontade, sente uma casa e uma família para receber bem quem chega", referiu.

Com passagens por Loures, Alverca, Sporting e Belenenses na sua formação, André Almeida fez a sua estreia como sénior nos azuis em 2008/09, antes de se transferir para o Benfica em 2011/12, época em que esteve emprestado à União de Leiria.