Adjunto do Benfica responde a Nuno Espírito Santo com o dicionário

Adjunto do Benfica responde a Nuno Espírito Santo com o dicionário

Arnaldo Teixeira, treinador adjunto de Rui Vitória, garantiu que não existe pressão na equipa do Benfica. A declaração foi feita após a derrota no Bonfim, esta segunda-feira, após a derrota por 1-0 frente ao V. Setúbal.

Benfica em branco: "Forçámos de todas as maneiras, mas não conseguimos. O Vitória marcou no único remate que fez e com apenas um homem na área. Foi uma equipa que soube sofrer, que teve atitude, mas nós tentámos marcar sempre. Infelizmente, não foi possível".

Exibição pobre: "Cada jogo tem o seu contexto. Este foi como foi. Não há formas ou picos de forma. Cada jogo tem o seu contexto. Enquanto equipa, procurámos as melhores soluções. Por vezes é possível, outras não".

Nuno Espírito Santo falou da pressão de estar a um ponto: "Acima de tudo, no nosso clube não existem algumas palavras no dicionário. Pressão é uma delas, assim como euforia... isso não existe no Benfica. Desde o princípio da época que sabemos que o campeonato será difícil e disputado até ao último segundo. Estamos preparados para isso".

Atitude dos jogadores: "Os jogadores foram incansáveis desde o primeiro minuto. Começámos o jogo a atacar e terminámos igualmente por cima, na área do Vitória. Estamos tristes, é óbvio, mas o futuro faz-se caminhando".