Exercitar para evitar a obesidade

Especialistas espanhóis defendem que intervenção no meio escolar permite atuar sobre cem por cento dos mais jovens

As condições de vida urbana, segurança, horários das atividades curriculares e ócio condicionam o tempo, locais e modos de atividade física, mas é essencial que a criança e o adolescente adotem a prática desportiva como estilo de vida. Com base nestes pressupostos, um grupo de pediatras e profissionais ligados ao desporto refere a implementação da atividade física como essencial para a saúde pública, tendo em conta o aumento da obesidade em Espanha nos últimos anos. O meio escolar tem um papel fundamental e a intervenção nos centros educativos atua sobre cem por da população em idade escolar. O consenso científico recomenda a atividade física de forma moderada a vigorosa, pelo menos uma hora por dia, durante cinco dias da semana, e as atividades sedentárias não educativas não devem exceder as duas horas diárias.