"O Brahimi aqui... nem queriam acreditar", a história de "Os Resistentes" no IPO do Porto

"O Brahimi aqui... nem queriam acreditar", a história de "Os Resistentes" no IPO do Porto

"Os Resistentes" têm um hino escrito por Luís Portugal, o ex-Jafumega, padrinhos do calibre de Cristiano Ronaldo e uma força capaz de contagiar todos os que conhecem esta história do serviço de pediatria do IPO do Porto

"Eu gostava de ver os meninos aqui, mas façam o favor de dispor", disse quando acedeu sentar-se naquela cadeira, virado de costas para o mundo que descobriu em 2010 e do qual fala com uma paixão rara. O senhor Alberto, assim todos o tratam, chegou ao voluntariado do IPO há sete anos, movido por uma enorme vontade de dar. Depressa percebeu que estava enganado: "Tenho recebido mais do que vou dando", responde com um sorriso a fazer de vírgula e com o olhar a fugir sempre para onde andavam aquelas crianças que são o centro da ideia.

A ideia tem um nome: Os Resistentes, um projeto com seis anos que une em volta de uma bola de futebol pacientes da pediatria do IPO do Porto. "São crianças e adolescentes que estão agora numa fase de vigilância depois de terem passado por fases mais complicadas", explica, sem se deixar deter, Alberto Nogueira.

SEXTA-FEIRA, REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO E-PAPER