Futsal

Jogador do Rio Ave espeta pedaço do soalho numa coxa

Publicado
O jogo entre Leões de Porto Salvo e Rio Ave, dos quartos de final do "play-off" do nacional de futsal, ficou marcado por uma lesão grave de Fábio Lima.
Num corte de bola, quando corria o minuto 18, o atleta da equipa nortenha deslizou pelo piso e acabou por espetar, na coxa esquerda, um pedaço do taco do soalho de madeira, que levantou.

Perante a profundidade que o objeto de madeira penetrou na coxa, o atleta teve de ser socorrido pelos paramédicos e bombeiros presentes no pavilhão, que durante mais de uma hora estivaram a serrar o taco para libertar o jogador.

Segundo apurou a agência Lusa, junto de fonte do Rio Ave, Fábio Lima está estável e foi conduzido para o hospital Francisco Xavier, para ser submetido a uma intervenção cirúrgica, para lhe retirarem os pedaços de madeira da coxa.

O jogo acabou por ser interrompido, e será retomado domingo, às 17h45, no Pavilhão da Quinta dos Lombos, em Carcavelos.

Referia-se que até ao incidente o marcador assinalava 2-0 a favor do Rio Ave. Fábio Lima, o jogador que se lesionou, foi o autor dos dois golos.


Envie o Seu Comentário

Caracteres disponíveis: 250 caracteres

Comentários
  • responderJoão Lopes20.05.2013 - 10:02@PAULA FERREIR
    Que conste que prontamente o Fábio Lima foi assistido no local, não por massagistas, mas sim por enfermeiros e médicos. O médico dos Leões e um enfermeiro da estrutura acudiram de imediato. E a preocupação era manter estável em termos de saúde. A ambulância foi chamada de imediato, e tardou alguns minutos a chegar, mas não foi só os bombeiros mas também o INEM, e já com os meios para monitorizar conseguiram avaliar primariamente o estado do jogador. A demora antes do transporte para o Hospital foi para cortar a madeira e garantir que a tensão e todos os valores estavam estáveis, o que se revelou um excelente indicador de ausência de danos nos órgãos ou artérias.
  • responderpaula ferreir19.05.2013 - 17:39Foi um momento muito enervante e arrepiante e sem poder fazer nada e nunca mais chegava os bombeiros estes jogos deviam ter ambulancia pois eu que estava la e vi os massagistas do nosso club a ajudarem mas coitados tambem nao havia ipotese bjs ao fabio e rapidas melhoras
  • responderpedro costa19.05.2013 - 17:27ola boa tarde .... que o jogador recupere o mais rapido possivel as melhoras pra ele pk a equipa bem precisa dele... eu ja fui jogador de futsal tb ja tive uma entorse no joelho por falta de taco no recinto havia mts faltas de taco na altura e jogava em sintético tb é bem melhor mas é preciso ter cuidado pk á queimaduras quando á entradas de carrinho . todo o cuidado é pouco .
  • responderLuis19.05.2013 - 05:37Coitado do rapaz, ainda por cima estava a correr mt bem o jogo.
    Nao devera ser facil recuperar desta lesão, mesmo assim tem o meu apoio e espero que toda a gente q o conheca o apoie sempre
  • responderHugo19.05.2013 - 03:49No Brasil ja morreu um jogador exactamente da mesma maneira... O taco é muito melhor para a practica do futsal ( fui practicante 11 anos), mas não seria melhor começar a ponderar voltar ao sintectico ( aquele tipico pavilhao de escola?)

    as melhoras fabio.
  • RQ19.05.2013 - 14:04Claro que é, ou entao prender por baixo os tacos, tipo prender bem as duas pontas de cada taco. Isto é um perigo, devido aos inumeros acidentes com isto, já devia de ter sido banido esse tipo de soalho.
  • responderPaulo Seixas19.05.2013 - 02:03Boa sorte, que tenha toda a sorte do mundo..............e rápidas melhoras !!!