Supertaça de Espanha

Barcelona derrota (3-2) Real Madrid

Publicado
Primeiro marcou o Real, por Ronaldo (54'), para logo de seguida Pedro (55') empatar, depois Messi não falhou um penálti (70') e Xavi (78') ainda elevou a contagem. Um erro de Valdés, aos 85', permitiuu a Di Maria reduzir para 3-2.
A equipa de Tito Vilanova dominou por completo a primeira parte, embora sem conseguir fazer funcionar o marcador. Messi, por duas vezes, e Pedro tiveram nos pés as oportunidades mais flagrantes, perante um Real Madrid que não foi capaz de inquietar Victor Valdés.

E foi logo no início da segunda parte que os ânimos aqueceram, quando Cristiano Ronaldo, na seuqência de um canto, aos 54 minutos, de cabeça, inaugurou o marcador. Contudo, no minuto seguinte veio a resposta do Barcelona, por intermédio de Pedro, a não dar hipóteses a Casillas.

Aos 70, na conversão de um penálti por falta iondiscutível de Sérgio Ramos sobre Iniesta, Messi colocou o Barcelona em vantagem no marcador.

Oito minutos depois, um lance rápido do ataque do Barcelona deixou Xavi isolado perante Casillas, que nada pôde fazer para evitar o 3-1.

Quando tudo indicava que o Barcelona estaria à beira de ampliar a vantagem, um erro de Valdés, aos 85', permitiu que Di Maria lhe ganhasse a bola, reduzindo para 3-2, uma diferença algo enganadora face à rpodução futebolístixca de ambos os conjuntos.

Até final, o marcador não voltaria a funcionar e o Barcelona vai ao Estádio Santiago Bernabéu, na próxima quarta-feira (dia 29), em vantagem para discutir com a equipa de José Moutrinho o primeiro troféu da época espanhola.


Comentários