Vota na independência da Catalunha

Guardiola numa "guerra" sobre política

Publicado
Por J.FERRANDIZ/F.ZUERAS/J.I.PAREDES/Z.CZIBOR
Ex-treinador do Barcelona foi duramente criticado por Alfonso, com quem partilhou o balneário da seleção e do clube catalão. Até a alegria de Pep pelos êxitos espanhóis é posta em causa.
Pep Guardiola abordou o tema da independência da Catalunha e não tardou a ser criticado. "Aqui têm um voto mais para a independência", afirmou o ex-treinador do Barcelona. As palavras não caíram bem a Alfonso Pérez, antigo jogador de Barcelona e Real Madrid.

"Se ele verdadeiramente se sente tão catalão não sei porque vestiu a camisola de Espanha. Não poder competir a nível mundial e europeu não é uma desculpa para colocar a camisola da seleção", atirou Alfonso, em declarações à Radio Marca.

Entendo que uma pessoa que não se sinta espanhola tem que renunciar à seleção. Não tinha que aproveitar jogar na seleção. Todos temos as nossas preferências e perseguimos os nossos interesses, mas não entendo o tema político", continuou.

Alfonso partilhou o balneário da seleção espanhola e do Barcelona com Guardiola e garante que nunca ouviu o antigo médio pronunciar-se sobre o tema. Agora, até duvida da alegria de Guardiola perante os êxitos espanhóis. "Em nenhum momento ouvi esse tipo de comentários. Quando vestes a camisola da seleção vestes com orgulho e para a defender até à morte. Com esses comentários tenho as minhas dúvidas quanto à alegria pelos títulos da seleção", declarou.


Envie o Seu Comentário

Caracteres disponíveis: 250 caracteres