Vota na independência da Catalunha

Guardiola numa "guerra" sobre política

Publicado
Por J.FERRANDIZ/F.ZUERAS/J.I.PAREDES/Z.CZIBOR
Ex-treinador do Barcelona foi duramente criticado por Alfonso, com quem partilhou o balneário da seleção e do clube catalão. Até a alegria de Pep pelos êxitos espanhóis é posta em causa.
Pep Guardiola abordou o tema da independência da Catalunha e não tardou a ser criticado. "Aqui têm um voto mais para a independência", afirmou o ex-treinador do Barcelona. As palavras não caíram bem a Alfonso Pérez, antigo jogador de Barcelona e Real Madrid.

"Se ele verdadeiramente se sente tão catalão não sei porque vestiu a camisola de Espanha. Não poder competir a nível mundial e europeu não é uma desculpa para colocar a camisola da seleção", atirou Alfonso, em declarações à Radio Marca.

Entendo que uma pessoa que não se sinta espanhola tem que renunciar à seleção. Não tinha que aproveitar jogar na seleção. Todos temos as nossas preferências e perseguimos os nossos interesses, mas não entendo o tema político", continuou.

Alfonso partilhou o balneário da seleção espanhola e do Barcelona com Guardiola e garante que nunca ouviu o antigo médio pronunciar-se sobre o tema. Agora, até duvida da alegria de Guardiola perante os êxitos espanhóis. "Em nenhum momento ouvi esse tipo de comentários. Quando vestes a camisola da seleção vestes com orgulho e para a defender até à morte. Com esses comentários tenho as minhas dúvidas quanto à alegria pelos títulos da seleção", declarou.


Envie o Seu Comentário

Caracteres disponíveis: 250 caracteres

Comentários
  • responderMiguel13.09.2012 - 14:55Como se costuma dizer:Quando se mistura politica com futebol dá sempre mer##
  • responderIdiota13.09.2012 - 11:47A inveja é um sentimento vil. Este Alfonso, de quem só me lembro porque um comentador português, cujo nome não me ocorre agora, disse certo dia que JOGAVA COM SAPATILHAS, só porque as botas que calçava tinham a cor branca, o que quererá agora dizer? Que deixem de reconhecer ao Guardiola e ao Barça os títulos conquistados? Ou quer, simplesmente, denunciar o Guardiola por crimes contra a nação, como nos tempos do franquismo e do salazarismo? Só dá Idio.tas! Piores do que eu.
  • responderRUDI B.13.09.2012 - 08:18EXTREMISTAS PERIGOSOS EXISTEM EM TODO O LADO. ATE' NA CATALUNYA OU NA GALIZA. CORTAR AS ASAS
  • responderKowalski13.09.2012 - 06:11CATALUNYA IS NOT SPAIN!
    GALIZA LIVRE!
  • UCABROM13.09.2012 - 09:59...Galiza Ceibe i sempre,capital Porto