Villas-Boas em entrevista

"Mourinho vai concentrar atenções"

Publicado
André Villas-Boas antecipa a revolução no futebol inglês para 2013/14, sem Ferguson, mas com o regresso de Mourinho. Para ler esta segunda-feira, em O JOGO.
O treinador do Tottenham não quer disputar o espaço mediático do novo treinador do Chelsea e adianta mesmo que espera um Mourinho fiel à sua imagem pública. "Aí não espero nada de diferente do que temos visto, as equipas e os jogadores do Mourinho limitam-se a ganhar e ele concentra as atenções", defende AVB.

Na conversa com O JOGO, o técnico detalha o que correu mal no Chelsea, o que mudou no Tottenham e o que fez com Bale. Revela ainda qual a equipa que espera venha a interferir no paradigma do futebol internacional nos próximos anos...

Villas-Boas em grande entrevista, para ler esta segunda-feira nas edições em papel e e-paper de O JOGO.


Envie o Seu Comentário

Caracteres disponíveis: 250 caracteres

Comentários
  • responderJose26.06.2013 - 07:59O Porto ainda é uma equipa de provincia...Só quando os bimbos deixarem de ser bimbos e aprenderem a falar (e agir) como pessoas civilizadas é que deixam de ser provincianos...e claro, depois pode ser que o clube de futebol possa crescer!!!
  • responderrui miranda23.06.2013 - 19:54o Benfica é grande artificialmente porque na realidade é muito pequenenino
  • responderToniIRAN23.06.2013 - 19:32Estamos em guerra! Portugal precisa de ti.

    Melhor jogo de estratégia online, sem Downloads

    .-!!---- 100% GRATUITO --|!--.

    migre.me/f7Mop
  • responderaté doi (1)23.06.2013 - 18:03“É verdade. O Benfica, é objectivamente importante. Porque a relação entre a sua cantada grandiosidade e a sua real pequenez, conjugada com a real dimensão do seu grupo de simpatizantes, é muito da expressão do nosso país. O Benfica, é hoje um espelho de um certo Portugal, que vive de glórias passadas, na ilusão de uma dimensão que quem vê não reconhece ou identifica, e só existe na visão distorcida de quem só sonha e não concretiza. Tem outra virtude o Benfica, é um imenso território de escárnio, que se ajusta na perfeição, á maledicência sustentada e coerente. O Benfica é bom, para aliviar os males do dia a dia. É excelente, para dizermos mal de nós próprios, como quem fala dos vizinhos. (continua)
  • Jose Mourinho26.06.2013 - 07:51Mas que eu saiba o Mourinho não é bimbo, é de Setubal.
  • responderaté doi 223.06.2013 - 18:03O Porto não. O Porto, suscita, inveja, incapacidade de viver com o sucesso, irracionalidade. O Porto ganha, é uma máquina de triturar, avança indiferente à envolvente. O Porto, não somos nós, é uma realidade alienígena neste país. É a expressão daquilo que não conseguimos ser enquanto país e povo. O Porto odeia-se, porque é a verdadeira mostra do que podíamos ser, se não fossemos tão maus.”
  • rt23.06.2013 - 18:17Quando se quer misturar filosofia com fanatismo só pose sair porcaria!
  • responderGaspar23.06.2013 - 17:47Boa tarde amigos.
    Dois técnicos de grande valia, mostrados ao mundo desportivo pelo melhor Clube português, o F C PORTO. Também nisto o F C PORTO é o melhor, pois não nos limitamos a conquistar títulos, pomos também no mercado os melhores treinadores e os melhores jogadores.
    Sabemos que toda esta capacidade do F C PORTO, ofusca as pretenções de algumas agremiações, nomeadamente a do Scorte Luz e Rega, que bem tenta chegar aos nossos calcanhares, mas não passa do QUASE, e das comemorações antes do tempo.
    E mais não digo.
  • respondercadj23.06.2013 - 17:07Neste momento a inveja do mediatismo de Mourinho é ja a primeira barreira entre os treinadores quando tem de competir com Mourinho.
    facebook*com/academia.futebol