Quaresma a O JOGO

"Quero sair em janeiro"

Publicado por Pedro Marques Costa/André Viana
Por António M. Simões
Internacional não confirma interesse do FC Porto mas quer deixar o Besiktas. Regresso a Portugal implicaria uma redução salarial.
Quaresma está de saída do Besiktas, tendo sido apontado ao FC Porto pela televisão turca NTV Spor, num negócio que não sendo impossível é, para já, pouco provável, atendendo ao elevado salário que o internacional português aufere atualmente - cerca de 3,75 milhões de euros/época. Em declarações a O JOGO, o internacional português admite o desejo de abandonar o clube turco e não confirma o interesse dos dragões.

"Quero sair em janeiro". Mas, será para o FC Porto? "Neste momento não quero dizer mais nada sobre isso", limitou-se a afirmar, mesmo perante a insistência na pergunta sobre um eventual regresso a Portugal.

Quaresma explica ainda que não rescindiu com o Besiktas. "Aqui, todos os dias há notícias desse género. Não é verdade que já tenha rescindido. Estamos a conversar, mas ainda não há nada de concreto", explicou o extremo.

Apesar de ainda não ter chegado a acordo para rescindir, Quaresma, que nem sequer está inscrito no Besiktas - encontra-se incompatibilizado com os dirigentes do clube desde o verão -, está mesmo de saída, havendo, porém, algumas premissas para que um regresso ao FC Porto seja uma possibilidade: a primeira das quais, reduzir um salário incompatível para Portugal. Curiosamente, o FC Porto até vai ficar privado de um dos seus extremos no início do ano: Atsu desfalcará a equipa devido à sua participação na CAN.