Benfica

Aimar tem saída para janeiro

Publicado por Marco Gonçalves
A escassa utilização de El Mago na Luz aumenta a cobiça, com vários clubes a tentaram seduzir o jogador e o Benfica, que pode utilizar parte do salário do camisola 10 como investimento no novo médio.
Aimar promete animar o mercado de transferências em janeiro - os muitos interessados na contratação de El Mago começam já a posicionar-se e a encetar contactos para garantir o seu contributo na reabertura do mercado. Com escassos minutos de utilização, devido aos problemas físicos, não está a conseguir dar o rendimento esperado pelos encarnados, realizando o pior início de época desde que chegou à Europa. Por isso, a sua saída é cada vez mais um cenário em aberto.

Apesar dos apenas 184' disputados, continua a despertar forte interesse, sendo seguido de perto por clubes como River Plate, Independiente e Belgrano, da Argentina, Santos, do Brasil, e ainda emblemas do Médio Oriente. O objetivo dos diversos clubes é assegurar a contratação de El Mago até ao final de janeiro, cenário ao qual o Benfica está recetivo, pois o elevado salário do camisola 10 pode ser aplicado reinvestido no desejado médio - Capoué, do Toulouse, é um dos nomes em cima da mesa. O valor pago mensalmente a Aimar pode ser efetivamente desviado para o ordenado de um novo jogador, capaz de dar outras opções e garantias ao treinador. E do lado do futebolista argentino a saída é também um cenário que pode agradar, face à possibilidade de abraçar um novo desafio, devidamente remunerado.

Da Argentina, o interesse do River Plate nunca desapareceu e Aimar também nunca escondeu a vontade de regressar aos milionários, mas o clube de Buenos Aires conta com a concorrência assumida do Independiente, cujo treinador-adjunto já expressou o desejo de contar com o craque, referindo que "pode vestir tranquilamente a camisola" da sua formação.

Se no país das pampas os clubes tentam apelar ao coração de Aimar, acenando-lhe com um regresso a casa - estratégia de cariz sentimental -, no Brasil o Santos olha também com muita atenção para a sua situação, tendo mesmo já procurado reforçar as relações do Benfica de forma a conseguir convencer Luís Filipe Vieira a dizer sim à sua saída. Muricy Ramalho, treinador do clube paulista, elogiou recentemente Aimar e segundo avançou ontem a Imprensa canarinha, o Santos esteve há duas semanas em Portugal, representado por Felipe Faro, responsável pelo futebol. Segundo a notícia publicada no sítio UOL, Vieira terá rejeitado uma primeira abordagem, mas o Santos defende que oficialmente a viagem serviu apenas para reaproximar os dois clubes através de um projeto de marketing. Santos e Benfica estavam de costas voltadas, depois de as águias terem perdido a corrida por Danilo, que acabou por ir para o FC Porto, e agora os seus dirigentes tentam uma aproximação, tendo como forte argumento o interesse em Aimar.

Quem comentou o possível ingresso de El Mago na equipa de Neymar foi Juan Pablo Sorín, antigo colega do futebolista, que defende, porém, e a brincar, outra hipótese. "Se ele for para o Brasil, que vá para o Cruzeiro [onde Sorín jogou]", disse, ao sítio Blogolo, explicando que Aimar "tem o perfil ideal para jogar no Brasil", frisando que "o campeonato brasileiro consegue atrair grandes jogadores". E sobre o melhor clube para um possível regresso à Argentina, foi perentório: "Claro que o melhor é o River Plate." Porém, revelando que falou "há poucos dias ao telefone" com Aimar, que considera "um verdadeiro amigo e um jogador extraordinário", ressalvou que "Aimar e a família sentem-se muito bem em Lisboa".


Comentários